Eventos

Cobertura – COMJESP 2006

Autor: Rodrigo Prado

A 8ª Confraternização das Mocidades e Juventudes Espíritas do Estado de São Paulo – COMJESP, tão esperada e desejada desde 2001, passou tão rápida quanto os cinco anos que separaram desde a edição em Ribeirão Preto.

O palco deste ano foi a cidade de Rio Claro, e logo de início para a surpresa de todos que chegaram ao local, o espanto com a beleza e estrutura da Faculdade Clarentiana, que abrigou os cerca de 800 jovens durante os três dias do evento (14 a 16 de abril), ficou estampado no rosto de todos.

O tema central estudado foi: “Sexo, não reprimir, nem aviltar: Educar”. E foi dividido em quatro módulos:

1º –  A Energia Sexual – esclarecendo para efeito de um melhor autoconhecimento, sem culpas e traumas a origem do instinto sexual, a manifestar-se por impulsos, tendências ou desequilíbrios variados, reclamando na atualidade, mais que contenção destes impulsos, sublimação, ou, se preferir, Educação.

2º  – A Sexualidade Sob a Lei de Causa e Efeito – propiciando um acréscimo de elemento moral, através da análise das relações afetivas e suas implicações diretas com a lei de Causa e Efeito, incentivando uma conduta mais consciente consigo e com o próximo. Para isso, estudando assuntos como o tão famoso “ficar” da juventude, os compromissos afetivos, a gravidez precoce, AIDS, desequilíbrios e desvarios do sexo desregrado e descompromissado; preconceito e homossexualidade com suas causas e finalidades desta experiência.

3º – Energia Criadora em Ação – trazendo à tona como a energia sexual educada e bem canalizada pode, e deve, ser usada nas artes, funcionando como mais uma ferramenta na evolução do ser.

4º – Sexo, Sublime Tesouro – mostrando que o Amor é o requinte dos sentimentos, sendo o fim e não o meio ao qual nos destinamos, permitindo a contextualização da experiência atual da pessoa, para que essa reconheça os seus conteúdos internos (dificuldades, desejos, tendências, sonhos, aspirações) e vislumbre o caminho a percorrer para a auto-realização e dias melhores para o seu futuro.

Pois bem, dentro de todo este contexto é que os jovens mergulharam em busca de respostas para as suas dúvidas, angústias, medos. Rumo a compreenderem melhor a sexualidade, sem tabus, de forma clara, para mais conscientes conseguirem trabalharem melhor diante de seus instintos, pensamentos e atitudes.

Longe de se esgotar o assunto sexo, a COMJESP 2006 veio no intuito de ressaltar a importância do estudo e compreensão deste tema. Pois enquanto perdurar a ignorância, continuam os sofrimentos que ainda assolam a humanidade.

Para finalizar, volto ao início desse artigo, onde foi dito que a COMJESP passou, mas cabe a pergunta aos que participaram: “Mas o que ficou, o que levaremos pela eternidade de mais esta oportunidade de aprendizado?”. “Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” – Jesus.

Para que todo este mega evento ocorresse, praticamente um “milagre” foi realizado para que todas as dificuldades e empecilhos fossem vencidos durante vários meses de planejamento e, principalmente, nos dias do evento que tudo acontecesse da melhor forma possível, dentro do planejado ou, tendo a força e agilidade para superar e reparar tropeços que surgem diante de imprevistos. Os agradecimentos a todos que colaboraram para esse sonho vem como reconhecimento pelo trabalho e dedicação. Assim, todos estão de parabéns: trabalhadores da cidade sede, organização e monitores da doutrina, os jovens participantes e, acima de todos, os bons espíritos que muito vibraram e se felicitam por mais esse passo rumo aos auto desenvolvimento moral.

Fala MEU! Edição 38, ano 2006

Comentar

Clique aqui para comentar