Eventos

Minha primeira prévia de COMELESP

Autor: Leonardo Queiroz

Eu chorei, dancei, cantei, dei risada e até prece eu fiz, olha eu aqui de novo e adivinha pra quê: “dando a cobertura geral para quem vacilou e não foi para a primeira prévia da Confraternização das Mocidades Espíritas do Leste do Estado de São Paulo (COMELESP).

Bom, toda atrasadinha básica faz parte, mas para compensar legal, o ônibus teve muita música e jovem feliz para compensar. Sem contar que fomos super bem recebidos na cidade sede, Guaratinguetá, que nos acolheu com muito carinho e uma sopa quentinha que caiu legal naquele friozinho que tava, sem contar que ‘rolô’ um macarrão depois.

Cardápios e gulodices à parte, partimos para as salas de estudo onde pudemos analisar as propostas de temário para a 30º edição da COMELESP. E os temas foram os seguintes: do lado direito o tema “A caminho da Luz” que foi apresentado pelo nosso queridíssimo Ivan, que não é o terrível. Após a explanação estava na hora da naninha que entre aparições do Batman, Robin, Coringa e toda a sua patota, brigas e escândalos dos transeuntes que passavam pelo lado de fora da escola e pessoas loucas que corriam de ceroulas na madruga, tivemos uma noite de sono tranquilo ao som do ensaio da equipe de musica da Primeira Assessoria que no dia seguinte deu um showzaço para nós em sua primeira apresentação ao público.

E então no dia seguinte após uma prece realizada por esse jovem reporte de meia pataca deu-se o inicio no lado esquerdo o tema “Eu e o outro, conviver com a diferença”, exposto pelo tio Joelson. Após as exposições e todo aquele discurso do nosso querido Poli, vulgo São Nunca, foi dado início à votação que deu como tema escolhido a opção do Joelson, que inclusive já deu o exemplo de convivência ao aceitar a ideia do Roberto, de Guarulhos, para que alguns itens do outro temário fossem anexados no tema escolhido.

Com nossa missão cumprida cheia de gargalhadas e risadas dadas voltamos de mais uma previa. É isso aí! Valeu galera, valeu expositores e participantes, valeu causadores, e principalmente, muito obrigado Guará e, até a próxima!

Fala MEU! Edição 42, ano 2006

Comentar

Clique aqui para comentar